Assinar Feed RSS Visite nosso canal no Youtube! Siga-nos no Twitter! Encontre-nos no Google Plus! Encontre-nos no Facebook!

Reunião da OAB discute inclusão de Filosofia do Direito no próximo Exame de Ordem

Enviado por , em
Palavras-chave: , ,

Filosofia do Direito no Exame de OrdemO presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, abriu a reunião do Colégio de Presidentes das Comissões de Exame de Ordem, que acontece durante todo o dia hoje (07) no Salão Nobre da OAB, em Brasília. Ophir classificou como “oportuno” o momento em que ocorre a reunião, dias depois do julgamento em que o Supremo Tribunal Federal declarou, por unanimidade, a constitucionalidade do Exame de Ordem e a importância de sua manutenção. O presidente da OAB enalteceu a relevância do trabalho desenvolvido pelas Comissões, que atuaram na demonstração da necessidade do Exame de Ordem como instrumento em defesa da sociedade e como auxílio na construção de um ensino jurídico de qualidade para o país.

“A decisão do STF foi uma vitória da democracia e a garantia de continuidade de uma advocacia e cidadania fortes. Parabenizo as Comissões aqui reunidas, que tanto se empenharam no fortalecimento do exame e seguem trabalhando na construção de um modelo ainda melhor para as provas”, afirmou Ophir Cavalcante. O presidente da OAB ainda lembrou que a XXI Conferência Nacional dos Advogados – que acontecerá de 20 a 24 de novembro deste ano em Curitiba (PR) – terá eventos especiais abertos às comunidades jurídica e científica para debater o Exame de Ordem.

Na pauta da reunião de hoje constam assuntos como a avaliação sobre a implantação da Filosofia do Direito entre as disciplina cobradas no Exame de Ordem, avaliação crítica das últimas edições e sugestões para os próximos exames a serem aplicados nacionalmente.

Conduz a reunião o presidente da Comissão Nacional de Exame de Ordem, Walter de Agra Junior. Dela também participaram o vice-presidente da OAB Nacional, Alberto de Paula Machado, o secretário-geral e coordenador do Exame de Ordem, Marcus Vinícius Furtado Coêlho, o presidente da Comissão Nacional de Educação Jurídica, Rodolfo Hans Geller, e o presidente da Seccional da OAB do Mato Grosso do Sul, Leonardo Avelino Duarte.

Fonte: http://www.oab.org.br

Comentários

Deixe um comentário!